in

Advogado vai à Justiça para encerrar ‘BBB 21’ com urgência e surpreende a web

Como é de conhecimento dos fãs e seguidores do programa, o “Big Brother Brasil 2021” chegará ao fim no dia 4 de maio, data que será definido quem ganhará o tão sonhado prêmio de R$ 1,5 milhões.

No entanto, o advogado Fellipe Neves Mirindiba tentou realizar ações com o intuito de finalizar o programa antes do tempo previsto, entrando com um pedido de urgência na Justiça com o intuito de interromper o reality show transmitido pela TV Globo em março, momento em que a prefeitura do Rio de Janeiro optou por adotar medidas de restrição mais drásticas frente a combate à pandemia ocasionada pelo novo coronavírus. A solicitação, no entanto, foi negada pelo juiz.

O site “Notícias da TV” obteve acesso aos documentos do processo em questão, conversando com o advogado responsável pelo caso. De acordo com as informações concedidas por Fellipe Neves, o “BBB21” deveria ter realizado uma paralisação, respeitando o decreto municipal do Rio de Janeiro que, conforme ele, autorizava, apenas, o funcionamentos dos serviços que eram considerados essenciais durante o período de 26 de março à 4 de abril.

“Eu e alguns colegas tivemos a ideia de mover a referida ação no momento em que o Rio de Janeiro estava com medidas mais rígidas no combate à pandemia. Concordamos com a estratégia adotada e entendemos a necessidade de restrição à atividades não essenciais. Portanto, nesse sentido, chamou a atenção que o programa, que conta com mais de 200 pessoas em sua produção, continuasse sendo filmado”, ressaltou ele, durante a entrevista.

“Foi ressalvada a manutenção do funcionamento de serviços de radiofusão e filmagem, especialmente aqueles destinados ao trabalho da imprensa e transmissão informativa. Logo, fica evidente que não há abertura de exceção para que emissora continuem produzindo, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro, conteúdos com objetivo de mero entretenimento, tal qual o Big Brother Brasil”, completou o advogado.

Neves ainda solicitou que a Rede Globo recebesse uma multa em R$ 10 mil por dia, caso descumprisse. O pedido de urgência realizado pelo profissional foi encaminhado ao cartório do Plantão Judicial localizado no Rio de Janeiro, órgão este, responsável pela análise das ações que demandam decisões rápidas.