Carregando Notícia
TV & Famosos

Angélica revela já ter sofrido violência s£xual e contou detalhes do que aconteceu

Aos 48 anos, ela fez uma revelação há alguns dias no site ‘Mina Bem-Estar’ em um papo em que entrevistava a advogada Luciana Temer

Angélica Ksyvickis Huck é uma apresentadora, atriz, ex-cantora e empresária brasileira. Aos 48 anos, ela fez uma revelação há alguns dias no site ‘Mina Bem-Estar’, em um papo em que entrevistava a advogada Luciana Temer, contando que sofreu abuso sexual quando adolescente, e que até o momento não havia revelado para ninguém.

PUBLICIDADE

O assunto do bate-papo era ‘‘Exploração e o Abuso Sexual contra crianças e adolescentes’’. Devido a isso, a artista revelou que o acontecimento ocorreu quando ela tinha 15 e 16 anos.  Nessa época, ela estava lançando o grande sucesso ‘‘Vou de taxi’’. As fotos do lançamento foram feitas em Paris onde tudo aconteceu. Enquanto ela estava na rua fazendo a produção, um grupo de rapazes parou para saber do que se tratava e o fotógrafo disse que eles podiam se aproximar para tirar fotos.

“Eu estava em um outro país, eles falando entre eles uma língua que eu não conseguia entender. Com 15 anos. É um assunto que a gente não fala, mas eu estava sendo ali violentada por dois, três meninos que ficaram passando a mão em mim. Ninguém viu, eu sabia e não tive reação nenhuma, não fiz nada. Isso acontece muito”, disse a apresentadora.

Angélica ainda desabafou sobre o caso dela não ter ganhado a importância que deveria: “Agora, a gente sabe que isso é uma violência e é um crime, mas a gente minimiza as coisas. Eu lembro até hoje, é uma coisa fortíssima. A gente não tem essa educação, não sabe… A violência não precisa ser um £stupro para ser uma violência. Ela pode ser ‘menor’, como foi comigo e, mesmo assim, ser uma violência, e isso não pode acontecer”.

Ela concluiu enfatizando a importância de falar sobre exploração sexual com crianças e adolescentes. “Eu não sabia que isso era uma violência e um crime que tinha acontecido comigo. O primeiro passo é esse: falar e não silenciar. Não deixar as nossas meninas e os nossos meninos sem a informação”.

Depois da revelação da apresentadora, Luciana acabou contando que aos 27 anos de idade foi vítima de um £stupro num assalto.

“Eu tinha 27 anos, havia saído recentemente do cargo de delegada em uma delegacia da mulher. A coisa mais natural do mundo seria registrar a ocorrência, mas não a registrei. Eu pensava que nunca iriam achar, então para que me expor?”. Luciana falou que ficou com tanto medo de se expor, que ela mesma se silenciou. “Temos que parar com essa hipocrisia social e entender que a violência sexual está permeando a nossa sociedade, as pessoas que sofrem essa violência não podem se constranger. Estamos em duas mulheres, 100% dessa conversa sofreu violência sexual”, concluiu a advogada.