Bebê que sobreviveu a ataque brutal em creche deixa UTI e pais comemoram

O atentado na creche em Santa Catarina que matou 5 pessoas, deixou uma triste marca na cidade onde ocorreu o crime. O jovem Fabiano de 18 anos, entrou em uma escola e massacrou 2 professoras e mais 3 crianças pequenas. Logo depois de cometer o crime brutal, o rapaz tentou tirar a própria vida.

Entretanto as pessoas conseguiram interromper e agora o jovem está na UTI de um hospital em Santa Catarina. Segundo relatos o atentado aconteceu às 9 da manhã, com Fabiano invadindo a escola com uma facão e mais uma outra faca que ele usou para matar 3 bebês e 2 funcionárias.

+  Vídeo: População se revolta e espanca homem que atropelou motoboy e fugiu do local

Mesmo em meio a inúmeras notícias ruins, uma criança conseguiu sair viver do ataque e gerou grande comoção, o bebê de 1 ano e 8 meses estava na UTI e agora não mais. O bebê se encontra em um quarto sob os cuidados dos médicos e dos pais. Além disso, o quadro em que a criança se encontra é estável.

O caso que acabou viralizando nas redes sociais deixou todos os internautas revoltados com a atitude do rapaz de 18 anos de idade, que não tinha motivo aparente para fazer o que fez. Depois de se recuperar do baque, o pai do bebê, Diego Hubler chegou a fazer apelo comovente para todos.

+  Eles tem inveja de mim, no Brasil não existem homens como eu, diz Thammy Miranda

A única criança que conseguiu sair viva do ataque, agora está bem e o pai da criança pediu para que seja feita uma corrente de oração para aqueles que perderam seus entes queridos no ataque brutal, ressaltando que pretende esquecer o que ocorreu na escola. As famílias afetadas pelo ataque estão enlutadas e indignadas por suas perdas.

+  Jovem de 17 anos mata o padrasto a facadas após ter sido chamado atenção por usar o celular demais

A polícia segue investigando o caso, agora que um possível motivo do atentado foi revelado, de acordo com as investigações a motivação do garoto, foram os jogos de violência que ele sempre jogou, mais o fato dele ser excluído na escola. O bebê que passou por um milagre, teve seus pulmões e barriga atacados por Fabiano.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário