Bolsonaro deixa todos surpresos ao falar se auxílio emergencial continua em 2021

A pandemia do novo coronavírus afetou todo o mundo de forma preocupante, matando milhares de pessoas, além da saúde o virus causou grande prejuízo na economia de vários países.

No Brasil o governo decidiu ajudar um grupo carente da população.

criando o auxílio emergencial. muita gente no entanto está preocupada se o programa continuará até 2021.
O presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) expressou preocupação com a continuação da nova pandemia de coronavírus.

De acordo com informações do portal de notícias online “Terra”, na última terça-feira (23), Bolsonaro afirmou que pode haver uma nova ampliação do atendimento emergencial.

+  Menina de 13 anos engravida de homem de 40 anos, e tem um final triste no parto

A assistência de emergência foi criada pelo governo federal para fornecer assistência financeira a grupos vulneráveis ​​em todo o país.

Nos primeiros meses da pandemia, o governo pagou 600 reais por mês pelos chamados grupos vulneráveis.

Até setembro, depois o valor caiu para 300 reais. O presidente alertou publicamente sobre o impacto da ajuda nas contas públicas do Brasil, e esse apoio um dia deve ser interrompido.

+  Imagens fortes "Gravação mostra exato momento em que assaltante efetua disparos em uma pessoa dentro de shopping em Águas Claras

A crise econômica provocada pela nova pandemia do coronavírus atingiu as pessoas mais pobres do País. A chegada do atendimento emergencial garantiu a sobrevivência desses brasileiros e deu proteção básica para suas famílias.

No entanto, Bolsonaro afirmou categoricamente que ele e sua equipe econômica esperam que não haja necessidade de prorrogar o contrato.

O presidente revelou que o governo está pronto para tudo, mas deve esperar que certas coisas aconteçam.

Quando seus apoiadores questionaram sobre a ampliação do atendimento emergencial na entrada da Palácio dá Alvorada, ele foi muito direto novamente, respondendo o seguinte:

+  Gravação mostra padrasto que estuprou e assassinou bebê de 1 anos sendo recebido pelos presidiários

“Questione  o vírus. O presidente disse que estamos preparados para tudo, mas temos que esperar que aconteça algo e esperamos que não seja necessário.

E prosseguiu: “Espero que não seja necessário, porque mostra que a economia vai se recuperar e não estaremos sujeitos a novas restrições no Brasil.”

Ele concluiu: “Esperamos que não seja necessário e que o vírus realmente tenha começado sair do Brasil, ok?”


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário