Capixaba tem último pedido realizado, velório em bar com amigos, samba e muita cerveja

11 caixas de litrão de cerveja, 20 caixas de latão e mais 15 litros de cachaça. Esta foi a lista de bebidas ingeridas de graça em um boteco ao decorrer do velório de Gleisson Silva, conhecido por todos na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo, por ser um dos maiores bebedores do local.

O velório foi da maneira que Gleisson Silva sempre sonhou rodeado de amigos, ao som de muita música boa. A cerimônia, ou festa, durou até o sol raiar, quando já estava na hora de levar o corpo para ser enterrado. Dono de um estabelecimento no bairro de Ilha da Luz, em Cachoeiro, há 30 anos, Gleisson Silva, morreu aos 68 anos de idade, deixando mulher e mais 4 filhos.

+  9 histórias reais porém ruins que estão por trás das princesas Disney

“Meu pai, quando ia ao velório de algum amigo, voltava triste e cabisbaixo. E ele sempre dizia: ‘no meu velório não quero tristeza, quero samba, quero ser velado dentro do bar”’, falou Glaucio Fragosos da Silva, filho e herdeiro do bar em uma entrevista para Gazeta Online do Espírito Santo. Gleisson sempre foi muito fã de baralho e muita cerveja.

+  7 boas posturas para você e seu bebê durante a gravidez

Gleisson Silva, chegou a sofrer um acidente vascular cerebral na terça-feira, depois que viajou para o Rio de Janeiro. 2 dias após ele chegou a sofrer 3 paradas cardíacas e acabou não resistindo. O corpo de Silva chegou a ser levado até o bar por volta de 11 horas para que fosse velado.

O velório chegou a durar até as 8 horas do próximo dia,“Umas três mil pessoas passaram para ver meu pai. É muito bom saber que seu pai quando morre é bem quisto”, revelou Glaucio.

+  Mundo se prepara para os 3 dias de escuridão aqui na terra

Muitos dos amigos de Gleisson chegaram a levar vários instrumentos para improvisarem uma roda de samba para o amigo falecido. A guarda municipal chegou a intervir no velório, devido ao grande número de pessoas, para que a rua não fosse bloqueada.

 


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário