Casal do ES morre de Covid-19 com diferença de seis horas

Durante a última terça-feira (17) o falecimento de um casal devido as complicações ocasionadas pelo novo coronavírus gerou uma enorme repercussão entre os amigos e família no estado do Espírito Santo. O caso aconteceu com Jaciara Moraes Gaudio, de 57 anos, e Jaime Gaudio Júnior, de 61 anos. Devido à doença, o casal morreu em um intervalo de seis horas em hospitais diferentes. Os dois eram casados à 40 anos, sendo morados da cidade de Aracruz, localizado no Norte do estado.

De acordo com as informações concedidas pela família, os parentes acreditam que o primeiro a ser infectado foi Jaime, visto que o homem começou a manifestar os sintomas da doença antes de sua esposa. Segundo os parentes do casal, os dois começaram a se sentir mal há cerca de dez dias, tendo o resultado positivo da infecção ocasionada pela Covid-19.

+  "Havia relações sexuais entre todos", afirma delegada sobre família Flordelis

“Começou com uma tosse simples, rotineira. E, logo em seguida, ele [Jaime] veio a ter febre. A minha mãe teve um quadro de pneumonia”, relatou Thiago Moraes, filho do casal. Tanto Jaime quanto Jaciara estavam inseridos no grupo de risco da doença.

Jaime era do grupo de risco por conta de já possuir 60 anos de idade, além de ter problemas de saúde e estar na fila do transplante de fígado. Jaciara, por sua vez, era hipertensa.

+  Ana Maria Braga rebate Bolsonaro e brasileiros aplaudem, "Não somos maricas, somos guerreiros"

“Meu pai era hipertenso, tinha cirrose, estava na fila de transplante de fígado. O caso dele era mais complicado, tem imunidade baixa. A minha mãe também era hipertensa”, frisou o filho do casal.

Por conta de estar residindo no exterior, Thiago, infelizmente, não pôde se despedir de seus ascendentes.

“A lembrança, quando vier, vai ser boa. De mim, dos meus irmãos, de tantas pessoas que nos rodeiam, familiares. Isso abalou muito a gente. Uma perda muito complicada.”

+  Morre esmagada socorrista que tentou ajudar vítimas de um capotamento em BH

Mortes no estado do ES parou de cair

Durante esta quarta-feira (18), o atual governador do estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, decidiu de reunir com a Assembleia Legislativa, Ministério Público e entidades da sociedade civil com o intuito de discutir sobre a atual situação do estado frente a pandemia do novo coronavírus. O governador, na ocasião, informou que o número de mortes no estado parou de cair, sendo uma alerta.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário