Carregando Notícia
NotíciasPolítica

Cássia Kis convoca os brasileiros para rezar em Aparecida contra ‘ameaça comunista’

A consagrada atriz Cássia Kis, de 64 anos, tem empregado um discurso contrário nos últimos dias

A consagrada atriz Cássia Kis, de 64 anos, tem empregado um discurso contrário nos últimos dias. Se há dois anos ela criticava bastante o governo de Jair Bolsonaro, especialmente no ápice da pandemia e, na ocasião chegou a falar que ele “deveria levar uma surra de cinto da mãe”. Porém, atualmente a atriz considera que o atual presidente é “um grande homem”.

PUBLICIDADE

E a mais nova fala também tem cunho político e tem provocado certa repercussão negativa na internet. Em um vídeo que se espalhou nas redes sociais, a funcionária da Rede Globo convoca os brasileiros a ir até Aparecida do Norte para rezar contra o que ela chama de “ameaça comunista”.

“Convido a todos os brasileiros para no próximo dia 12 de outubro, às 15h, rezarmos o Santo Rosário, desta vez em Aparecida. Suplicaremos à tão boa mãe, que governe o nosso país e que nos livre da ameaça comunista“, fala a artista.

Vale ressaltar que a famosa estará no elenco de “Travessia”, nova novela do horário nobre da Globo que estreou nesta segunda-feira (10). Entretanto, nos bastidores das gravações, tem feito campanha contra o petista Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a favor de Bolsonaro (PL).

Em uma entrevista concedida ao portal F5, a atriz não poupou elogios ao atual chefe do executivo. “Hoje, ele é um grande homem. Ele está se transformando, sim, em um grande homem. Eu tenho visto esse homem chorar. E não são lágrimas de crocodilo, são lágrimas verdadeiras”, disse. “Ele está vendo o tamanho da responsabilidade e não é à toa que o país tem mostrado a sua mudança com muita força.”

Na “guerra santa” que se predomina na disputa para presidente, com assuntos polêmicos nas redes sobre satanismo e maçonaria, foi o fato de Bolsonaro ser cristão que Cássia fez questão de elogiar. “Ele é o único presidente do mundo que fala em Deus. E fala com força.“

Ainda na fala, a atriz revelou que “existe quem é abortista e quem não é. Ela mesmo falou que não aprova o aborto”. Portanto, no início de 2022, já havia revelado no programa de Fátima Bernardes ao vivo que optou por interromper uma gravidez quando tinha 29 anos. Não foi um aborto espontâneo e isso mudou a minha vida”, contou ela na época.