Ex-fiscal do carrefour diz que o uso de violência era autorizado no local


Em depoimento a polícia, um ex-fiscal do supermercado carrefour do RS, disse que o uso de violência era permitido com clientes que “dessem trabalho”. Segundo ele o uso de violência também era recorrente em quem era suspeito de furto. O homem de 33 anos disse que essa era uma maneira de fazer com que as pessoas confessassem que haviam furtado algo do carrefour. 


O ex-fiscal também disse em seu depoimento que há uma sala sem cameras perto do estacionamento, que é onde ocorre os “castigos” aos clientes que causam algum tipo de problema no interior do supermercado.

+  Cobrador de ônibus foi flagrado mostrando os órgãos genitais para criança

O homem que fez a declaração trabalhou lá por 2 meses.

O CASO 

Na última quinta feira Beto foi morto por seguranças no estacionamento do supermercado carrefour, segundo sua esposa Milena, eles foram ao supermercado para comprar ingredientes para fazer um pudim. Ela disse que os dois ficaram pouco tempo dentrro do estabelecimento e que seu marido foi na frente e quando ela chegou ao estacionamento ele já estava imobilizado pelos seguranças que estavam o agredindo.

+  Crueldade: assassinas de Rhuan assaram parte da coxa do garoto e deram à irmã de criação

A agente de fiscalização Adriana disse em seu depoimento que Beto havia empurrado uma senhora e isso foi o começo da confusão. E que os seguranças pediram para que ele se retirasse, mas que ele reagiu dando um soco em um deles. 

Adriana também disse que assim que viu sangue ela ligou para emergencia, porém seu relato entra em contradição. Pois segundo testemunhas ela estava impedindo que as pessoas filmassem a agressão e gritava que eles sabiam o que estavam fazendo.

+  Namorado e amigo sequestram e estupram mulher por uma semana

A funcionária disse que ele parecia furioso. Ela está sendo investigada.

Os seguranças que mataram Beto estão presos.

“o Carrefour informa que todos os seus funcionários e prestadores de serviços de empresas de segurança passam por um rigoroso treinamento para que atuem com total respeito e cordialidade com os nossos clientes”. disse o supermercado carrefour em nota para o site da UOL. 


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário