Falésia desaba e mata casal e bebê de 7 meses

Um casal e uma criança morreram após o desabamento de parte de uma falésia no início da tarde (17) na Praia da Pipa, um dos principais pontos turísticos do Rio Grande do Norte.

Uma das vítimas, Hugo Pereira, de 32 anos, era o gerente da recepção do Hotel Sunbay. Ele é natural de Jundiaí no interior de São Paulo e mora há vários anos em Pipa. Hugo estava passando o dia de folga na praia com a esposa Stella Souza, o filho de 7 meses e o cachorro da família quando aconteceu o acidente.

Não há outras pessoas enterradas.

Igor Caetano, empresário da indústria náutica, viu o acidente e disse que Hugo, Stella e o filho estavam sentados perto da falésia.

+  Homem buscou forças em sua filha de 2 anos para realizar operação de retirada de tumor no cérebro acordado

“A mãe ainda teve tempo de tentar segurar o bebê, então os adultos ficaram mais magoados porque a mãe estava abraçando ele.”
“Continuamos a cavar até encontrarmos o pai, e depois encontramos a mãe e o bebê. O menino ainda respirava. A médica passou por ali sem querer, tentou reanimar o bebê, mas não deu jeito” – disse Igor.

Moradores dizem que o penhasco é uma ameaça para os nadadores e costumam alertar sobre os perigos de acidentes. Conforme a maré sobe e atinge o penhasco, sua base sofre erosão, tornando o topo mais sujeito a desabar.

João Marinho, primo de Stella, disse que quando a equipe de resgate chegou ao local do acidente, encontraram a família morta. O cachorro do casal também morreu enterrado.

+  Nova greve de caminhoneiros deverá ser ainda pior do que a que ocorreu em 2018

“Eu sou nascido e criado aqui e sempre aconteceu isso, mas cada vez mais o mar está destruindo a falésia. A gente vê os turistas aproveitando a sombra das falésias e pede pra eles saírem porque a gente sabe do risco”, afirmou ele, que é pescador.

De acordo com o município de Tibau do Sul, avisos de deslizamento são constantemente colocados nas áreas de risco, mas logo são detectados pela maré. O secretário de comunicação da comuna, Fábio Pinheiro, disse que o casal foi alertado por um fiscal da prefeitura pouco antes do acidente.

+  Sobrevivente do acidente de ônibus emociona internautas com relato: "Eu agarrei a minha filha e esperei o ônibus cair"

Pipa é o distrito de Tibau do Sul, a cerca de 100 km de Natal. Além das praias, o local é famoso pelas festas culturais e gastronômicas que acontecem durante todo o ano.

Antes da pandemia, Pipa admitia em média 7 mil pessoas por dia durante a temporada, segundo a prefeitura. O uso da praia não foi proibido durante a pandemia, mas a opinião pública não estima que ele visite o local durante esse período.

No Twitter, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, lamentou o acidente e expressou solidariedade aos familiares e amigos das vítimas.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário