Família dos jovens mortos em acidente faz triste revelação sobre os sonhos do casal: ‘já estavam planejando.’

A dupla de namorados mortos no acidente da BR-226 em Macaíba, em Natal (28) à tarde, tinha planos de ficar noivos. A família disse que Gabriella Nascimento de Góis , de 19 anos, e João Vitor Lima da Silva, de 21 anos já namoraram Um ano.

“Eles já estavam planejando o noivado”, disse a mãe de João Vitor, Maria da Conceição Lima da Silva. Segundo ela, João Vitor tinha ido buscar a namorada em casa quando aconteceu o acidente. “Ela vinha pra cá pra fazer a minha sobrancelha e aconteceu essa tragédia”, disse dona Conceição.

+  Vídeo: Mulher sofre tentativa de estupro no meio da rua

João Vitor tem uma irmã mais velha que mora nos Estados Unidos e não pode comparecer ao funeral. Segundo sua mãe, ele e seu pai trabalharam juntos na oficina. A mãe disse: “Ele já está estudando, já está trabalhando na máquina, fez o curso de torneamento mecânico. Ele tem tinha para ser um bom mecânico. É um menino muito esperto”.

Dona Conceição disse que um dos hobbies do filho são as motos motocross. João Vitor chegou a ir em algumas competições mas teve que vender para ajudar o pai. Ele disse: “Passou quase um ano desde que deixou o motocross porque vendeu esta moto e investiu na fábrica do seu pai. O motocross éra tudo para ele.”

+  Wanessa Camargo ampara a avó no velório de Seu Francisco e cena comove a todos

O corpo de Gabriella é velado na casa da família dela, na mesma via onde o acidente aconteceu.

O corpo de João Vitor é acobertado na Igreja Adventista de Macaíba. O funeral está marcado para as 16 horas no cemitério da Morada da Paz, em São Gonçalo do Amarante.

 

O acidente

Gabriella Nascimento de Góis, de 19 anos, e João Vitor Lima da Silva, de 21, trafegavam em uma moto na BR-226, no sentido Natal, quando bateram na lateral de uma caminhonete que iria cruzar a via.

+  Tio negocia venda de sobrinha para máfia russa de pedofilia e tráfico de menores

Com o impacto, o casal foi arremessado e entrou pela janela do carro. Os dois morreram no local. O motorista da caminhonete abandonou o veículo e fugiu do local.

Quando a equipe do CPRE chegou ao local para atender a ocorrência um dos policiais percebeu que uma das vítimas do acidente era a filha dele. Muito abalado, o policial não quis falar com a imprensa.

 

 

 


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário