Carregando Notícia
Política

Gusttavo Lima perde 150 mil seguidores após declarar apoio a Bolsonaro

Encontro com artistas ocorreu na residência oficial da Presidência em Brasília. Chitãozinho, da dupla com Xororó, disse que candidato do PL é o presidente 'mais sertanejo' do país

A declaração aconteceu na manhã de segunda-feira (17), que o cantor sertanejo Gusttavo Lima durante um almoço, declarou apoio para o candidato a presidente Jair Bolsonaro. Isso não agradou uma boa parte dos fãs do cantor e depois de marcar presença em uma coletiva ao lado do político, o artista falou que seu voto no candidato para reeleição.

PUBLICIDADE

Depois de mostrar seu lado na disputa política, o ‘embaixador’ perdeu cerca de 150 mil seguidores nas últimas 24 horas. Esse encontro com o presidente ao lado de Zezé di Camargo, Fernando Zor e outros artistas, Gusttavo Lima tentou conscientizar os seus fãs a votarem no candidato do PL. Se por acaso seja o candidato do PL for reeleito, o cantor garantiu que vai ficar atento quanto à atuação de seu presidente. Além de afirmar que irá cobrar as promessas da campanha, e também que vai prestar atenção se algum deslize vier a acontecer.

“Peço encarecidamente…Agora não é hora da gente escolher quem vai vencer ou quem vai perder. A gente só tem um lado. Peço a cada um de vocês, por mim. Depois, isso que eu tô pedindo aqui para vocês, vou ser o primeiro a cobrar do presidente. Porque aqui, vocês vão ter um representante de vocês. No dia que der alguma merda, vocês podem me cobrar que eu vou cobrar o presidente também. Entendeu?”, disse o artista.

”Deixei de seguir tbm, ele e o Leonardo, mas acho que perdeu pouco”, ”Povo não tá perdoando não”, ”Mas esse povo que era fã do Gustavo Lima, esperava que ele apoiaria quem?”, ”Eu segui e deixei de seguir só pra aumentar o número”, ”Por mim pode continuar perdendo até não ter mais nenhum!”, esses foram alguns dos milhares de comentários dos internautas.

Jair Bolsonaro recebe apoio de cantores sertanejos e diz ter ‘certeza’ da virada nas eleições.

Após o encontro Bolsonaro, que estava com os cantores sertanejos no Palácio da Alvorada, fez uma declaração à imprensa. Ele disse que o apoio dos cantores sertanejos dá a ele “a certeza” de que haverá uma virada nas eleições e ele derrotará Lula. Sendo que no primeiro turno, o Lula (PT) teve 6 milhões de votos a mais que o adversário.

“A opção nossa é pelo não retorno ao passado. Queremos liberdade, democracia, defesa da família, defesa da criança na sala de aula. Queremos e lutamos por um país melhor para todos nós. Quem comanda o Brasil comanda para os 220 milhões, sem divisão. A presença dos senhores e senhoras [artistas sertanejos] nos orgulha e nos dá a certeza da virada”, disse o candidato do PL.