Carregando Notícia
Notícias

Irmã de Neymar manda recado corajoso para Lula: “Independente do que disse da minha família”

A modelo Rafaella Santos fez um desabafo nesta segunda-feira, dia 31, após o resultado das eleições para presidente que vão levar ao poder pela terceira vez o candidato Lula

A modelo Rafaella Santos fez um desabafo nesta segunda-feira, dia 31, após o resultado das eleições para presidente que vão levar ao poder pela terceira vez o candidato Lula. Em um longo texto em suas redes sociais, ela disse que respeitou quem não votou em Bolsonaro.

PUBLICIDADE

“Sou Bolsonaro, sim, e isso não é segredo para ninguém minha opção nestas eleições. Respeitei a todos que votaram no Lula, mas, apesar do resultado, minha opinião não muda. Sigo acreditando que Bolsonaro seria melhor para o país”, disse ela.

No fim, a irmã de Neymar levantou uma bandeira branca e disse que torce por um governo positivo. “Independente do que o presidente eleito disse da minha família, espero que pegue esse governo que estava indo bem e, de coração, faça um Brasil ainda mais maravilhoso”, falou.

Depois de vitória de Lula, paulistas cobram Neymar: “Vai ter que declarar”

Em meio à comemoração pela vitória de Lula sobre Jair Bolsonaro, apoiadores do candidato do PT fizeram uma provocação ao atacante Neymar nas ruas de São Paulo neste domingo, dia 30, pela noite. “Ei, Neymar, vai ter que declarar”.

O pedido se deve à afirmação de Lula ao Flow Podcast de que Jair Bolsonaro teria feito um acordo para perdoar a dívida do atacante com a Receita Federal acerca do seu Imposto de Renda. Neymar declarou apoio a Bolsonaro na eleição para presidente. O candidato derrotado chegou a fazer uma visita ao Instituto Neymar, em Praia Grande-SP, no decorrer da campanha.
“O Neymar tem o direito de escolher quem ele quiser para ser presidente. Eu acho que ele está com medo de se eu ganhar as eleições e descobrir que o Bolsonaro perdoou a dívida do imposto de renda dele”, falou Lula ao Flow Podcast no dia 18 de novembro.
A família do jogador do PSG repudiou a fala do ex-presidente Lula (PT) que acusou Jair Bolsonaro (PL) de ter perdoado a dívida do imposto de renda do atacante da Seleção Brasileira. Em nota publicada nas redes sociais na noite do dia 21 de agosto, a empresa que gerencia a carreira de Ney e a família do atleta afirmaram que as afirmações de Lula são “falsas” e foram realizadas de “forma leviana”.

“Para encerrar definitivamente o assunto comunicamos que a informação é falsa. Os responsáveis deverão provar o contrário no palco adequado”, disseram na nota.