Carregando Notícia
PolíticaTV & Famosos

Leonardo já entrou na justiça para não pagar pensão ao filho João Guilherme

A atual esposa de Leonardo, Poliana Rocha briga com João Guilherme por política: "Respeite o seu pai"

A atual esposa do cantor Leonardo, Poliana Rocha não gostou nenhum pouco das críticas que João Guilherme de 20 anos, fez ao pai Leonardo de 59 anos logo após o cantor ter feito uma declaração pública na segunda-feira (17), sobre seu voto ao eleitor Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais deste ano.

PUBLICIDADE

A madrasta do rapaz saiu em defesa do marido e falou que o cantor havia pago pensão a João Guilherme completar até os 18 anos de idade. Porém, poucas pessoas sabem é que Leonardo e o filho já foram aos tribunais por causa deste benefício. Em 2012, a mãe do João Guilherme, Naira Ávila de 41 anos, precisou acionar a justiça para receber a pensão alimentar para o garoto quando ele tinha apenas 10 anos de idade na época.

Ano passado, a mídia divulgou outro escândalo relacionado à pensão de João Guilherme quando Leonardo tomou a decisão de entrar na Justiça para suspender o pagamento da pensão, porque o seu filho já havia completado 18 anos de idade. Entretanto, de acordo com a legislação, a pensão pode ser estendida até os 24 anos se o filho estiver cursando o ensino superior e provar que não tem condições de se manter financeiramente. Após essa desavença jurídica, parece que pai e filho chegaram a um acordo e a ação foi arquivada.

Nessa reta final das eleições presidenciais, os dois voltaram a se desentender depois que o rapaz criticou publicamente seu pai por apoiar Jair Bolsonaro.

“Estou triste, sei bem a influência do meu pai. Ele é gigante e querido por tantos, mas joga no time errado e está cego. Diante de todos os escândalos envolvendo o atual mandato, ver alguém tão importante para mim declarar apoio dessa forma me enoja. É tanta ignorância que nem sei, é como se eu não tivesse minhas duas irmãs mais velhas, que já tiveram 14 e 15 anos, ou minhas sobrinhas. Como se todas as mortes ligadas ao pouco caso do governo perante à ciência e a vacinação fossem só um delírio”, continuou João Guilherme fazendo referência a uma entrevista em que Jair Bolsonaro diz que “pintou um clima” entre ele adolescentes venezuelanas.

“Peço desculpas pela falta de educação e de sensibilidade do meu pai. Eu amo ele, por isso peço perdão. […] Temem tanto o ‘perigo vermelho’ e a mão do Bolsonaro está cheia de sangue […] E não me venham com discursos como ‘Se sustenta sem a pensão do seu pai, então’. Isso é falta de respeito com a família da minha mãe, que me criou e educou. Nunca dependi dele”, concluiu João Guilherme.

Já a madrasta Poliana de 47 anos  falou : ”Como isso me chateia, a que ponto chegamos! João Guilherme, por favor, respeite o seu pai e a escolha política dele. Sempre te tratamos com muito amor, ele honrou as obrigações como pai e pagou pensão até os seus 18 anos, corretamente, viagens e tudo o que você precisou. Ele é um homem do bem, querido e amado. Ele não merece passar por isso, repense suas atitudes. Uma relação de pai e filho deveria ser maior que qualquer coisa neste mundo. Só quem não tem pai é que sabe valorizar o seu, eu creio. Que pena”, lamentou ela.

O cantor e ator João Guilherme respondeu : “Peço desculpas pela falta de educação e de sensibilidade do meu pai. Eu amo ele, por isso peço perdão. […] Temem tanto o ‘perigo vermelho’ e a mão do Bolsonaro está cheia de sangue […] E não me venham com discursos como ‘Se sustenta sem a pensão do seu pai, então’. Isso é falta de respeito com a família da minha mãe, que me criou e educou. Nunca dependi dele”.