Luiz Bacci se recupera de Covid-19 e agradece carinho do público em sua volta ao programa Balança Geral

O apresentador Luiz Bacci, de 36 anos de idade, testou positivo para o covid-19 no último dia 19 de novembro. Nesta-segunda-feira, 30 de novembro, o apresentador do Balança Geral retornou à emissora, após 11 dias de isolamento em casa, em recuperação da doença.

Os jornalistas Matheus Furlan e Bruno Peruka foram os que substituíram o apresentador nesses dias em que esteve fora. Em sua volta, Bacci aproveitou a oportunidade e agradeceu aos colegas e também ao público, pelo apoio e mensagens recebidas nas redes sociais, com muito carinho por ele.

+  BBB21: Karol Conká faz revelação bombástica durante bate papo ao vivo e gera revolta

Luiz Bacci acaba fazendo um desabafo acerca da doença. Ele conta que permaneceu isolado após os sintomas, até que a doença fosse confirmada. Ele relatou haver sentido os sintomas que não são tão comuns na doença, o que dificulta o paciente a procurar um médico com a suspeita. “Eu sempre fiz os exames para coronavírus de maneira regular, rotineira. Tive um sintoma que até então não me parecia ter relação com a doença’’, contou o apresentador.

+  'BBB 21': Polícia abre investigação contra Rodolffo por racismo: 'Imagens sendo analisadas'

Ele relata que por esse motivo, não procurou um médico de imediato, pois os sintomas que apresentava não pareciam ser o da doença. Ele alerta sobre a importância do isolamento nesses casos em que as pessoas começam a apresentar sintomas que podem ser da doença. Ele pede para que quem suspeita avise os familiares e pessoas do convívio, para que não haja o contágio desnecessário, uma vez que a doença é perigosa.

+  Silvio Santos precisa ser socorrido e Luciano envia avião particular para atender pedido das filhas do apresentador

Bacci também fez uma pequena homenagem à sua mãe, mandando um beijo em agradecimento. Com 65 anos de idade, ele conta que ao saber do diagnóstico do filho, ela queria ir para São Paulo vê-lo, porém além de não ser permitido, ela se enquadra nas pessoas de risco, que são os idosos. Ele fala que é ‘coisa de mãe’, e que fica muito feliz pela preocupação.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário