Carregando Notícia
NotíciasTV & Famosos

Luto: Morre Ator de ‘Chocolate com Pimenta’, fãs e amigos fazem homenagem ao artista

O ator Mário César Camargo faleceu nesta segunda-feira após sofrer mal súbito e cair na rua, em Belo Horizonte, Minas Gerais

O ator Mário César Camargo faleceu nesta segunda-feira após sofrer mal súbito e cair na rua, em Belo Horizonte, Minas Gerais. De acordo com a família, o artista de 75 anos de idade será velado nesta quarta-feira, no Teatro Marília, também na capital mineira.

Mário César era morador de Belo Horizonte desde 1988 e deixa viúva a esposa, Monica Belisário, e uma filha, chamada Laura, de 29 anos. Amigos e colegas de trabalho do ator fizeram publicações em homenagem ao artista nas redes sociais.
O ex-global esteve em diferentes produções da emissora, além de fazer trabalhos na Record e Band. Na emissora carioca, ele atuou nas novelas “Terra Nostra”, “Coração de Estudante”, “Chocolate com Pimenta”, “Começar de Novo” e “Insensato Coração”. Além dessas, ele esteve presente nas séries “Sob Nova Direção” e “Supermax”.
Já na Bandeirantes, ele trabalhou em “Amor e Intrigas” e “O Cometa”. Na emissora evangélica, ele participou de “Amor e Intrigas” e “Cidadão Brasileiro”. O diretor teatral Ruy Cortez lamentou a morte. “Conheci o Marinho na produção do Rei Lear (2000) e ficamos muito amigos. Grande ator, excepcional companheiro de trabalho, alto astral, carinhoso, uma pessoa deliciosa de se ter por perto. Bella Ciao do Abreu, Fica Frio do Bortolotto são alguns dos inúmeros trabalhos que ele fez lindamente. Vai fazer grande falta. Vá em paz querido! Muito amor pra você!”, escreveu.
Na carreira de Mário César ainda constam sucessos no teatro, como Bella Ciao, no final dos anos 80, e Rei Lear, além de colaborações para o cinema brasileiro em Pequenas Histórias (2007), de Helvécio Ratton, Linha de Passe (2008), de Walter Salles e Daniela Thomas, entre outros.
Segundo informações  do jornal Estado de Minas, com o isolamento social ocasionado pela pandemia da Covid-19, o ator passou a se aventurar em narrações de filmes e comerciais com o grupo Vozes de Minas. Com certeza você já ouviu a voz dele por aí.
O último trabalho de Mario César Camargo na TV aberta foi há seis anos atrás, em 2016, na série “Supermax”. Ele deu vida a Timóteo, um médico reformado pelo exército. “Mario César Camargo, um amigo do teatro faleceu hoje. Sempre de bom humor em todas as vezes que o vi. No meu último encontro com ele, ele foi pivô de uma crise de ciúmes, porque dei um selinho nele em um bar na Serra. Foi considerado traição. Hahahahahah. Queria ter contado pra ele, teríamos rido muito de tão ridículo o chilique kkkkk. Descanse em paz querido e se junte aos bons que já se foram. Haverá um grande espetáculo onde todos estarão. Uma hora a gente encontra”, escreveu uma amiga do artista.