Carregando Notícia
SaúdeTV & Famosos

Luto: querida apresentadora de TV deixa bilhete antes de ser encontrada morta

Os amigos e familiares têm feito vários relatos por meio das redes sociais, prestando suas últimas homenagens

A jornalista e apresentadora de televisão, Neena Pacholke de 27 anos, nasceu em Chattanooga, Tennessee, nos Estados Unidos. Ela se formou em jornalismo na University of South Florida.

PUBLICIDADE

Em 2017, começou a fazer parte do jornal em que trabalhava e começou como repórter. A jovem logo se tornou âncora matinal do News 9, programa de notícias de Wausau, Wisconsin.

Nessa última sexta-feira (30), Neena Pacholk, foi encontrada morta na casa que ela e o noivo iam morar juntos. Segundo informações, ela fez essa decisão drástica após seu noivo, Kyle Haase, terminou o relacionamento. O término aconteceu menos de dois meses antes da data em que aconteceria o casamento, que seria no dia 12 de Outubro, no México.

“Ele [Kyle] disse que me odeia e que vai se sentir feliz quando eu sair de vez da vida dele”, disse Neena para um amigo próximo

” Eu te amo, Kyle. Eu sempre amei e sempre vou amar. Apesar do quanto você me arruinou, eu sempre tive esperança. Sinto muito por fazer isso com você, mas não posso mais lidar com essa dor”, escreveu ela para o ex-companheiro e ainda pediu desculpas.

A polícia concluiu que ela tirou a própria vida com uma arma de fogo, momentos após mandar as mensagens em questão para Kyle, que se preocupou ao receber os textos e acionou as autoridades.

O falecimento da apresentadora, causou muita comoção. Os amigos e familiares têm feito vários relatos por meio das redes sociais, prestando suas últimas homenagens. Em entrevista ao jornal Tampa Bay News , a irmã Kaitlynn, descreveu a personalidade de Neena.

“Minha irmã era a pessoa mais feliz que eu já conheci. Muitas vezes você só não sabe o que as pessoas estão passando, não importa o quanto você pense que conhece a pessoa. Minha irmã tinha acesso a todos os recursos que você possa imaginar. Ela era amada por todos, ela era muito boa em seu trabalho”, desabafou Kaitlynn.

Procure ajuda

Procure ajuda especializada como o CVV e os Caps (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade, se caso tenha pensamentos suicidas. O CVV funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.

A depressão é considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), uma das enfermidades do século XXI.
O tratamento é feito com ajuda profissional médica, por meio de medicamentos, e acompanhamento terapêutico de acordo com cada caso.

Não é falta de Deus ou de alguma coisa pra fazer ou frescura, busque ajuda profissional e não sinta vergonha.
Não esqueça, você é especial, amado e não está sozinho!