Maju Coutinho divulga ficha criminal de homem morto no Carrefour e é duramente criticado


Maju Coutinho mostra ficha criminal do falecido no Carrefour e recebe críticas. Em seguida, a história é contada em detalhes, que intrigou a gente e gerou polêmica no Brasil, Maju Coutinho.


Na época, ele era conhecido em todo o país por sua ótima cobertura na TV brasileira. No entanto, cobriu todo o assassinato de João Alberto Silveira na noite de quinta-feira em Porto Alegre.

No entanto, isso também foi muito apreciado pelos espectadores. No entanto, em uma parte do relatório, Maju falou sobre o passado criminoso do menino falecido e se rebelou parte do público.

+  Atual prefeito e candidato a reeleição morre Após infarto

No entanto, o homem já foi acusado de violência doméstica, porte de armas ilegais e ameaças, revelando os dois lados da moeda. Porém, convenhamos, a informação levanta algumas questões sobre o caso, o que os seguranças fizeram foi errado que não é discutido.

Maju não falou nada para defender os assassinos do garoto, ele apenas explicou e deu ao homem uma discussão e bateu nos guardas primeiro.

Maju Coutinho exibiu ficha criminal do homem no Carrefour e foi criticado

Portanto, a colocação é cabível e o homem também tentou agredir uma das mulheres que trabalhava no supermercado. A história deve ser sempre explicada, antes que o juiz coloque muitas coisas sobre a mesa, a indignação é a mesma com o ato injustificado.

+  Homem casar com a própria filha Após grávida e larga a esposa

Porém, quem tenta falar pacificamente acaba se apaziguando, não era o caso do homem que deu início à confusão. Mesmo quando sua esposa relatou que estava pedindo ajuda, vale a pena lembrar esses fragmentos da história. No entanto, ele atingiu o segurança e empurrou os trabalhadores.

Ele morreu na minha frente, pedia por socorro e os segurança não parava de bater, diz esposa de homem espancado no Carrefou

A esposa de um homem assassinado pelos seguranças do Carrefour na véspera do Dia da Consciência Negra foi entrevistada pela Gaúcha Actualidade na manhã desta sexta-feira (20). Em entrevista, Milena Borges Alves de 43 anos , falou sobre os momentos de pânico que viveu na noite passada…


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário