Menina de apenas 8 anos não resiste a lua de mel com marido de 40 anos e morre

Como de costume na Arábia meninas de apenas 7 a 8 anos são dadas em casamento pelo pai, infelizmente e um costume do país.

Um caso triste aconteceu com uma menina de apenas 8 anos que não resistiu e morreu após ter sido dada em casamento para um homem de 40 anos e a menina após ter passado a lua de mel com ele, NÃO resistiu e faleceu.

Após a menina sentir dores após a lua de mel, foram para um hospital e lá os médicos relatou que a menina sofria de uma hemorragia interna que foram causadas após a noite de núpcias com um homem bem mais velho que ela.

+  IML revela causa da morte do intérprete de Louro José Tom Veiga

Em muitos países isso acontece colocando em risco a vida de muitas meninas dessa idade e como a maioria dos países sobre de extrema pobreza, muitas vezes essas crianças são vendidas aos noivos que podem variar muito de idade.

O caso dessa menina foi esse, ela foi vendida pelo padrasto por cerca de 6 mil reais, mais infelizmente a menina não resistiu após a noite de núpcias com o marido.

+  Menina de 7 anos fica traumatizada por ter cabelo cortado à força por professora

A menina não tinha o corpo preparado para ter relações sexuais e ainda mais com um homem de 40 anos, segundo as informações a menina foi socorrida mais os médicos já não puderam fazer nada, pois os danos era irreversível.

Os ativistas que estão no país buscam por uma punição severa a família da menina, que diretamente contribuiu para a morte da criança. E lutam para que não aconteça mais casamentos para menores de 18 anos.

Na Arábia esse tipo de casamento ficou conhecido apartir de 2010, e de lá pra cá outra menina também morreu de hemorragia interna ao se casar com um homem bem mais velho também, assim como aconteceu com essa pequena de apenas 8 anos.

+  Sem ter o que comer, moradores cavam buraco para pegar frango que foi descartado pela vigilância sanitária.

E os homens dessas região procuram esse tipo de casamento e a família que cedem e acabam vendendo suas filha, para a família e uma forma de não passar necessidade mais para as crianças que ainda não tem o corpo formado e um grade risco de não sobreviver a lua de mel.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário