in

Modelo trans perde causa contra Sikêra Jr. e terá que pagar grande valor

Uma notícia deu o que falar nas redes sociais na manhã de ontem (29). O assunto foi um dos mais falados nas redes sociais e provocou a maior discussão entre os internautas.

Trata-se do caso do apresentador Sikêra Jr. e a modelo Viviany Beleboni que foi parar na justiça. Tudo aconteceu quando Viviany, que é transexual, decidiu representar Jesus Cristo durante a parada LGBT em 2015. Nesta ocasião, o apresentador teria feito um vídeo de mais de oito minutos de duração divulgado no Alerta Nacional em abril do ano passado.

Desde então, a modelo entrou com ações na justiça contra o apresentador alegando danos morais ao ser atribuída por ele no grupo de pessoas que estão “destruindo a família brasileira” na “retrospectiva da lacração”.

A questão, é que as coisas não saíram como o esperado pela modelo, ela acabou perdendo uma das três ações que movia contra Sikêra e agora terá que pagar 15% de multa sob a quantia de uma causa de R$ 104.500,00, que dá em torno de R$ 16 mil. As informações foram publicadas pelo site Notícias da TV.

Veja abaixo o que disse o apresentador em sua reportagem

“Você de casa analise, veja o que é que estão fazendo com o nosso planeta. O respeito ao próximo já era. Há quem ache bonito, que goste. Só peço respeito ao meu Cristo, ao meu Jesus, ao povo católico, ao povo evangélico. Só peço respeito a vocês; se vocês querem respeito? Deem respeito”, disse.

De acordo com a defesa de Viviany, a associação lhe ocasionou um abalo moral. Ela  também acionou na justiça a RedeTV!, e ainda pediu que o YouTube excluísse o vídeo. Em novembro, a 16ª Vara Cível de São Paulo indeferiu os pedidos e ordenou que a trans pagasse 10% de multa para sanar as custas processuais e o trabalho dos advogados.