in

Motivo da queda de avião em que morreu Gabriel Diniz gera revolta

Foto: Divulgação

Reportagem do Centro de Pesquisa e Prevenção de Acidentes Aeronaves (Cenipa) da FAB divulgou reportagem sobre a queda de avião em que o cantor Gabriel Diniz foi morto em 27 de maio de 2019. O avião que transportava Gabriel Diniz caiu no Porto do Mato, no município de Estância, em Sergipe. Naquela época, o artista estava no auge da carreira com a música “Jennifer”.

Segundo o Cenipa, os fatores que contribuíram para o acidente foram: Postura; condições de mau tempo; falta de disciplina nos voos; teste de piloto; planejamento de vôo; processo de tomada de decisão. Os pilotos Linaldo Xavier e Abraão Farias também morreram no acidente.

BLACK FRIDAY CHEGANDO, MELHORES PREÇOS AQUI

O documento divulgado pelo Cenipa mostra que a aeronave produzida em 1974 não possuía radar meteorológico e não era certificada para voar de acordo com as normas do IFR (Normas de Voo por Instrumentos), sendo também homologado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) apenas para operar em condições de voo visual (VMC).

A ousadia de Gabriel Diniz

A música está de luto. O cantor Gabriel Diniz, do hit Jenifer, morreu nesta segunda-feira (27), em Sergipe, vítima de um trágico acidente aéreo que ainda matou os pilotos Abraão Farias e Linaldo Xavier. A informação foi confirmada pelo Comandante Geral do Corpo de Bombeiros de Sergipe, Gilfran Mateus, à Rádio Jornal. O cantor, de somente 28 anos, havia fretado o avião para fazer uma surpresa de aniversário para a noiva, a psicóloga alagoana Karoline Calheiros. Ao saber da notícia, a noiva retirou seu perfil do Instagram.

Gabriel Diniz, apelidado pelos fãs de GD, estava a bordo de um avião bimotor, que caiu numa região de mangue, em Porto do Mato, no município de Estância, Sergipe. O Corpo de Bombeiros Militar e o Grupamento Tático Aéreo – GTA – estão no local. O acidente será investigado pela Cenipa, aqui no Recife.