Carregando Notícia
Notícias

Pai [email protected] filha no velório do avô e motivo deixa todos em choque: “Não é possível”

O pai da vítima está preso e foi indiciado por feminicídio e tentativa de homicídio.

A tragédia ocorreu no dia 4 de Setembro de 2021. A técnica de enfermagem Maria Naiara dos Santos Sousa, de 27 anos, foi m0rta a tir0s pelo pai durante o velório do avô materno, em Itapipoca, região norte do Ceará. De acordo com testemunhas, ela foi atingida pelos disparos ao tentar defender o seu companheiro.

PUBLICIDADE

Segundo a Polícia Militar, a vítima, o marido e o pai dela moravam em Fortaleza. Na quinta-feira antes do ocorrido, os 3 foram a Itapipoca para o acompanhar o velório. O pai da vítima, Francisco José de Sousa, de 52 anos, chegou ao local e atirou contra o genro. Na tentativa de defender o companheiro, Naiara aproximou-se, foi atingida e m0rreu no local. O genro que seria o alvo, também foi baleado, porém foi socorrido e encaminhado para uma unidade de atendimento e ele não estava com risco de m0rte.

O marido da vítima, que preferiu não ser identificado, confirmou a versão de que sua esposa tentou salvá-lo. Ele relatou que ambos estavam no velório quando o pai de sua esposa chegou no carro em alta velocidade e fingindo estar bêbado. Assim que saiu do veículo, o pai da Naiara já foi em direção ao casal.

“Ele apontou para a gente e falou ‘tu vai morrer’. No momento eu me levantei, rápido, e joguei uma cadeira de plástico que não foi suficiente para derrubar a arma”, comenta o marido da vítima e continuou “No momento que ele falou ‘tu vai morrer’, ele já sacou a arma e atirou. Daí eu me virei, para tentar me resguardar, e minha esposa também se vira. Foram dois tir0s. O primeiro atingiu as minhas costas, e minha esposa caiu ao meu lado. O tir0 dela foi certeiro, na cabeça”, relatou o companheiro de Naiara.

Com informações da PM, o revólver usado foi tirado do Sr. Francisco José por outros familiares, entregue aos policiais militares e a arma apreendida estava com três munições deflagradas.
O pai de Naiara foi preso após ser encontrado dormindo em um bar na localidade Arapari. Os policiais levaram o homem para a Delegacia Regional de Itapipoca, onde foi autuado por feminicídio e tentativa de homicídio.

A PM investiga o motivo do caso, porém as testemunhas informaram que o suspeito não aceitava o relacionamento da filha com o atual companheiro, pois tinha ciúmes dela.