Pastor é preso por cometer abuso dentro de ônibus; ‘caí em tentação’

Infelizmente no Brasil ocorrem muitas importunações sexuais no transporte público, como no caso de trem e ônibus. Para tentar evitar situações como estas em algumas capitais empresas de trem separaram vagões exclusivos pra mulheres.

Mas infelizmente casos de abuso continuam sendo registrados em todo o Brasil, como no caso que vamos analisar agora, uma vítima de importunação sexual prestou queixa contra um pasto que foi preso em flagrante. O caso de abuso ocorreu em uma viagem de ônibus que partiu de Vitória (ES) para Belo Horizonte.

+  Premeditado? Suspeito de homicídio é morto com 20 tiros no Litoral Sul da Paraíba

Segundo o relatado pela vítima, uma mulher de 39 anos, ao longo da viagem quando ela estava dormindo se acordou e viu o homem que estava ao seu lado olhando fixamente para seu corpo, o homem estava com a mão dentro da calça se acariciando, sim o homem estava se mas######o.

A mulher então gritou e o motorista do ônibus parou o veículo e acionou a polícia na BR-262, em Rio Casca, na Região Central de Minas Gerais. Até a chegada de uma viatura da PRF que durou poucos minutos o homem foi contido pelos demais passageiros.

+  Mulher acusada de torturar brutalmente e assassinar filha recém-nascida é julgada e decisão do juiz gera revolta no DF

O homem foi levado até um posto policial até onde foram a vítimas e testemunhas, para os policiais o homem se apresentou como sendo pastor e mostrou até mesmo uma carteira de pastor.

De acordo com o relato do homem, ele havia tido um sonho e acabou fazendo o ato durante o sonho, ele alegou que não estava consciente no momento. Mas no entanto após alguns minutos de questionamentos ele assumiu que fez o ato para poder se satisfazer já que devido seu trabalho ele não via uma mulher de tão perto já faziam mais de 20 anos.

+  Famosas demonstram indignação com sentença no caso Mariana Ferrar: 'Estupro culposo não existe'

O homem foi indiciado por importunação sexual, ato de “praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro”. Da delegacia de de Ponte Nova o pastor foi preso em flagrante e encaminhado para o sistema prisional.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário