Paulo Gustavo morre de Covid no Rio, aos 42 anos

O ator e humorista Paulo Gustavo faleceu durante a noite desta terça-feira, 4 de maio, aos 42 anos, devido as complicações ocasionadas pelo novo coronavírus.

Como é de conhecimento dos internautas, o famoso, responsável pela criação de Dona Hermínia e diversos outros personagens inesquecíveis para a teledramaturgia brasileira, estava internada desde o dia 13 de março no hospital denominado “Copa Star”, localizado em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro.

A piora do estado clínico de Paulo Gustavo, infelizmente, veio â tona durante a noite do último domingo, 2 de maio. Dias atrás, o humorista vinha apresentando melhoras significativas em seu estado de saúde, deixando milhões de brasileiros esperançosos com a possível ata hospitalar. Paulo Gustavo, na ocasião, teve uma queda considerável nos sedativos e bloqueadores, interagindo com os profissionais de saúde e, também, com seu marido, Thales Bretas.

+  Ex-modelo fica pobre, perde os dentes e é flagrada procurando comida no lixo

No entanto, para a infelicidade dos brasileiros, o rapaz, â noite, acabou sofrendo uma embolia pulmonar.

Durante a noite desta terça-feira (4), um boletim informou que o ator, infelizmente, estava com um quadro considerável pelos médicos como irreversível, mantendo, no entanto, os sinais vitais. Aproximadamente 21h12, Paulo Gustavo acabou tendo seu óbito contatado pelos profissionais de saúde.

+  BBB21: Caio faz comparação polêmica da inteligência entre homens e mulheres e web detona

Biografia

Nascido na cidade de Niterói no dia 30 de outubro de 1978, Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros realizou seus estudos no teatro denominado “Casa das Artes de Laranjeiras”, localizado no Rio de Janeiro. O ator, que ganhou o coração de milhões de brasileiros, estudou na mesma turma que o humorista Fábio Porchat.

+  Ana Hickmann consegue fazer o final da internação de seu esposo se tornar presente de Natal e emociona a todos

A primeira peça de sua carreira de enorme sucesso no mundo da atuação foi em “O surto”, aonde Paulo Gustavo dividiu a direção com Fernando Caruso, durante o ano de 2004. Lá, foi o local aonde o famoso apresentou, pela primeira vez, a tão conhecida personagem Dona Hermínia que, após alguns anos, marcaria sua carreira para toda a eternidade.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário