Carregando Notícia
Notícias

Professora é m0rta por ex-aluno que levou uma bronca em sala de aula

Mulher deu bronca em ex-aluno e ele tirou a vida dela sem dó nem piedade.

A professora da rede estadual de ensino de Goiás desde 1985, Cleide Aparecida dos Santos, de 60 anos, foi assassinada a facadas por um ex-aluno que tem 24 anos, na madrugada desta última quarta-feira (24). De acordo com a declaração do Major Israel Rodrigues, subcomandante do 40º Batalhão da Polícia Militar, ele confessou o crime e foi preso ainda pela manhã.

PUBLICIDADE

“Ele guardava uma raiva muito grande da professora, pois era sempre chamado atenção por parte dela, porque ele fazia muita bagunça e vendia drogas nas imediações do colégio”, disse o policial. Atualmente, essa professora atuava como profissional de apoio no Centro de Ensino em Período Integral Horácio Antônio de Paula, na cidade Inhumas, Região Metropolitana de Goiânia. A identidade do autor do crime ainda não foi divulgada.

Cleide, segundo uma publicação, deu alulas para o jovem em 2021, e trabalhou nesse mesmo colégio até janeiro de 2022. Israel Rodrigues, major da Polícia Militar, detalhou o caso que aconteceu em Inhumas (GO).

“O rapaz disse que guardava uma raiva muito grande por parte da professora, pois era sempre chamado a atenção porque bagunçava em aula e vendia drogas nas imediações do colégio, além de ser levado para a coordenação do colégio”, disse.

O suspeito foi localizado por policiais após buscar ajuda em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inhumas. Segundo a PM, ele se machucou no pé durante o crime. A professora percebeu a invasão de sua casa e chamou o seu filho, que foi ferido em uma parte braço com uma das facadas. Depois, o autor do assassinato fugiu pulando o muro e foi flagrado por câmeras.

O assassinato aconteceu na madrugada de quarta-feira (24). Em imagens da câmera de vigilância é possível notar o suspeito passando em uma rua de bicicleta às 00h40. A polícia falou que, nesse instante, ele estaria indo até o endereço da mulher. Por outro ângulo, outra câmera flagrou o rapaz pedalando, às 1h05, momento em que, de acordo com a PM, ele estaria voltando após cometer o crime. Ainda segundo conta a corporação policial, o ex-aluno invadiu a casa da professora pulando esse muro, atacou a mulher com uma faca, brigou com o filho dela, pulou o muro de volta e fugiu pedalando. Não foram mais divulgados detalhes de quando haverá novos depoimentos.