Carregando Notícia
Notícias

Reviravolta no caso Henry deixa o pai do menino revoltado: ‘[email protected] meu filho de novo’

A decisão da justiça deu uns novos rumos ao caso.

Um caso que comoveu o Brasil em 2021, levanto todos a se questionar até onde o ser humano pode chegar em questão de brutalidade. Henry morreu no ano passado, após sofrer agressões por parte do seu padastro e da sua mãe que foram presos quando o caso acabou se tornando público.

PUBLICIDADE

A forma como tudo aconteceu impressionou a todos e nessa semana um novo fato acabou dando uma verdadeira reviravolta no caso, isso porque o juiz concedeu a mãe do garoto, a liberdade para poder responder o processo em liberdade. O fato é que ela é uma das principais suspeita do caso, que estava presa desde 2021 por conta da justiça identificar que ela participou ativamente das agressões que o seu filho sofreu.

A cerca de meses atrás ela tinha conseguido a oportunidade de está presa em regime domiciliar, mas logo depois foi revogado a decisão. O pai do pequeno Henry Borel, falou sobre o assunto e a decisão tomada pela justiça em deixar a sua ex esposa responder em liberdade, diante de um caso tão revoltante que foi a morte do pequeno Henry.

“É muito triste como pai lutar todo dia contra um sistema que beneficia o assassino em vez da vítima. Com a decisão do judiciário brasileiro sobre a soltura da Monique, mataram mais uma vez o meu filho”, comentou o Leniel sobre a decisão tomada pelo o juiz. O ex-vereador Jairinho continua preso que é o principal acusado sobre esse crime que chocou o Brasil todos em 2021 já a mãe de Henry agora responderá em liberdade até o julgamento.

Esse caso tem mobilizado bastante as redes sociais, principalmente pelo o fato de que o caso tem gerado algumas decisões dos órgãos que acabam tomando decisões que influência diretamente com o futuro das investigações que apontam a mãe do garoto como uma das principais suspeitas de ter interferido com as ações que o padastro cometeu até a morte do menino.

Diante dessas decisões, os advogados de defesa do pai de Henry, vão entrar com recurso para que essa decisão seja revogada diante do supremo tribunal, onde o juiz acabou sendo a favorável na decisão que levou a suspeita do crime para está em regime aberto até o julgamento. Segundo o juiz a decisão foi tomada por ela não apresentar perigo a sociedade e as investigações.