Carregando Notícia
NotíciasTV & Famosos

Susana Naspolini era viúva de Mauricio Torres; filha única do casal

A filha do casal tem 16 anos, foi quem deu a notícia do falecimento de sua mãe nas redes sociais

A jornalista Susana Naspolini, que lutava contra o câncer e morreu nesta terça-feira (25), aos 49 anos e quem deu essa triste notícia foi sua filha Julia de 16 anos. Susana foi casada com o narrador e apresentador esportivo Maurício Torres, que faleceu em maio de 2014, aos 43 anos de falência múltipla de órgãos decorrente de quadro infeccioso.

PUBLICIDADE

Julia é a filha do casal que pela segunda vez teve que vivencia o luto de perto, pois ela perdeu o pai quando tinha apenas 8 anos de idade.

A repórter da Globo estava internada no Hospital Albert Einstein (SP), na sexta-feira (21) a filha da jornalista fez um apelo através o perfil da mãe no Instagram pedindo orações e contou o estado de saúde de Susana era gravíssimo.

“Acabei de conversar com o médico dela. Ele disse que o estado dela é muito, muito grave, gravíssimo. Ela estava com metástase no osso da bacia, tinha se espalhado pela medula óssea desde julho, então ela vem com uma quimioterapia mais forte, que foi o que a fez perder o cabelo. O câncer se espalhou por vários outros órgãos, o fígado está muito comprometido, eles dizem que não sabem mais o que fazer, se tem algo a mais para fazer. O estado dela é muito grave e eu não sei o que fazer. A única coisa que eu consigo pensar em fazer é pedir orações para você”, falou a jovem.

Susana Naspolini e Maurício Torres

O casal se conheceu em 2001, logo se apaixonaram e foi por conta do marido que a jornalista voltou à TV Globo, após ter saído de afiliadas da emissora em 2002. O narrador foi quem a indicou para cobrir uma licença, como repórter, na GloboNews, na qual era função que ela permaneceu até 2004.

Após 2 anos nessa experiência, Susana passou seis meses no Canal Futura e foi dali que seguiu para uma assessoria de imprensa, até receber o convite do então chefe de produção da Editoria Rio da Globo, Juarez Passos.

No jornal local do Rio da TV Globo, o “RJTV”, a jornalista fez história no quadro de jornalismo comunitário “RJ Móvel”, que no qual começou a comandar em 2008 e foi lá que ela se popularizou pela abordagem na denúncia dos problemas locais em bairros da Região Metropolitana do Rio, sempre com bom humor.

O comunicador Maurício Torres passou mal enquanto viajava de avião do Rio de Janeiro para São Paulo, quando seu voo desembarcou o funcionário da emissora Record TV foi imediatamente encaminhado a um hospital na capital paulista e acabou falecendo.