Urgente! Marido de Ana Hickmann faz cirurgia as pressas

O empresário Alexandre Correa, marido da apresentadora Ana Hickmann, revelou em suas redes sociais que estava em tratamento de câncer. O tumor estava localizado no pescoço, mas Correa disse que havia se espalhado.

Em um vídeo postado no Instagram, ele começa falando sobre a decisão de tornar o diagnóstico público.

“Tomei a iniciativa de gravar esse vídeo cerca de 24 dias depois do acontecido, pois fui diagnosticado várias vezes no Hospital do Câncer Albert Einstein [em São Paulo], vou todos os dias desde a semana passada. Enfim, e pelo surgimento de pessoas que estão começando a se parecer com quem está em tratamento contra o câncer ”, disse Alexandre.

+  Morte de Paulo Gustavo revolta Paulo Coelho, que manda recado para ‘assassinos’ do ator

Alexandre Correa disse que no dia 17 de outubro fez uma cirurgia para retirar um linfonodo (linfonodo), um pequeno órgão formado por tecido.

“Na verdade, o linfonodo era um tumor metastático. O tumor localizava-se entre a mandíbula e a base do crânio, bastante grande, já metastático. Ele foi completamente removido e depois diagnosticado com câncer ”, explicou.

+  Astro de Glee promete vazar vídeo de cenas íntimas caso Joe Biden vença Trump

O marido de Ana Hickmann descreveu detalhadamente o tratamento e disse estar otimista. “Tenho tido sessões diárias de radioterapia desde a semana passada e algumas sessões de quimioterapia que ainda não foram determinadas”, disse ele.

Confira o vídeo:

Câncer de cabeça e pescoço

O câncer de garganta faz parte do câncer de cabeça e pescoço, que são tumores que aparecem nas seguintes áreas: boca (boca), faringe (faringe), laringe, cavidade nasal (nariz), seios da face e glândulas salivares.

A maioria dos tipos de câncer está relacionada a hábitos evitáveis, como tabagismo e consumo de álcool, ambos diretamente relacionados aos cânceres na região.

Esse tipo de câncer afeta duas a três vezes mais homens do que mulheres e é mais comum em pacientes entre 50 e 60 anos.

Os sintomas dependem de onde o tumor cresce e podem, por exemplo, começar com um caroço no pescoço, dor ou dificuldade para engolir e rouquidão persistente.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário