Carregando Notícia
Notícias

Vídeo: Corpo “acena” de dentro do caixão durante enterro na Indonésia e internet fica em choque

O vídeo foi gravado durante um fun£ral em North Sulawesi, na Indonésia

Um vídeo que foi gravado durante um enterro na cidade Indonésia em 2020, na cidade de Manado, em Sulawesi do Norte, acabou viralizando nas redes sociais. No vídeo, algumas pessoas pausaram e acabaram registrando um suposto “aceno” do corpo através do painel de vidro na parte superior do caixão.

PUBLICIDADE

Essa cena ocorreu enquanto o padre lia as orações, com diversos conhecidos, familiares e amigos ao redor do caixão. No vídeo, ainda é possível ouvir o padre citando uma passagem da bíblia: “Deus disse no livro de João: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; E todo aquele que vive e crê em mim, nunca morrerá”.

Momentos após a citação, algo parece estar se movimentando dentro do caixão, aparentemente, é a mão do falecido “acenando” pelo vidro. Segundo os especialistas, este comportamento é normal, ocorre quando o corpo do falecido ainda está liberando os gases acumulados, isso faz com que o corpo mude de posição ou gere movimentos involuntários.

Veja o vídeo:

Durante o enterro, a cena passou despercebida por todos e o funeral continuou. Mas, após o vídeo ser divulgado nas redes sociais, muitas pessoas cogitou que o homem dentro do caixão, poderia estar vivo. Outros falaram que era impossível, e a suposta “mão” poderia ser um rato dentro do caixão.

Depois de várias teorias discutidas entre as pessoas, o provável movimento pode ter ocorrido por causa da rigidez [email protected]érica e as mudanças bioquímicas nos músculos causadas pela decomposição do corpo. Um estudo realizado pela Central Queensland University, na Austrália, em setembro de 2019, na Medical News Today, mostrou que cadáver£s podem se mexer e até mudar de posição durante o processo de decomposição.

Mas, imagine; Que você esteja em um enterro, e de repente, um corpo começa a se despedir com um aceno. O que você faria diante de uma situação parecida? Acredito que, assim como diversas pessoas que viram o vídeo, você levaria um baita susto, até se certificar do que realmente aconteceu.

Observando o vídeo, é bem possível que você não acredite que isso realmente possa acontecer, mas, saiba que é possível! Os braços e as pernas podem ter movimentos involuntários durante a ‘rigor mortis’. Segundo os especialistas, esse processo pode ocorrer entre uma e duas horas após a m0rte e acaba em 24 horas.