Vídeo: Durante briga em hospital público, PM saca arma contra médico


Dois seguranças que trabalhavam no Hospital Regional de Planaltina (HRP), no Distrito Federal, foram agredidos por um homem na tarde desta segunda-feira (9). Segundo testemunhas, o suspeito ficou irritado com a demora em chegar à enfermaria e entrou na área restrita do hospital. Então ele atingiu os guardas e fugiu.


Os pacientes registraram confusão na sala de emergência (veja o vídeo abaixo). A gravação mostra algumas pessoas reunidas na entrada da sala. Algumas pessoas entram neste local e outras são incomodadas pelo segurança.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi identificado e intimado para audiência na 16ª Delegacia de Planaltin. O caso foi registrado como lesão corporal e ameaça.

+  A Verdade sobre o caso do homem que aparece agredindo uma moça, oque realmente aconteceu?

O chefe da Delegacia de Diogo Cavalcante disse que as vítimas foram encaminhadas ao Instituto Médico Legal (IML) para apuração do crime.

“A gravidade dessas lesões que elas experimentaram é que definirá os crimes pelos quais o agressor irá responder”, explicou o investigador.

 

Em nota, a Secretaria de Saúde disse que a direção do Hospital Regional de Planaltina se solidariza com os funcionários agredidos e reforça que não compactua com ações violentas (leia íntegra ao fim da reportagem).

Confira o vídeo:

Versão dos vigilantes na delegacia

Segundo boletim de ocorrência registrado pelos guardas, um homem chegou ao pronto-socorro do HRP dizendo que “cheirou cocaína” na noite de segunda-feira (9) e que estava “tendo uma overdose”.

+  Mãe raspa a cabeça da filha após descobrir mensagens íntimas no celular da menina

Segundo a equipe de segurança, a enfermeira classificou o paciente. No entanto, ele saiu sem esperar por atendimento médico. Os guardas também disseram que por volta das 13h o homem voltou ao hospital e deu um soco na cara de um dos funcionários.

Os guarda-costas também disseram que o paciente tentou tirar a arma do cinto de um terceiro guarda, que também estava no local. Segundo as autoridades, o paciente interrompeu os ataques quando sua irmã, uma empregada do hospital, chegou ao local e o levou embora.

+  Tiroteio e desespero! Operação no Jacarezinho deixa vários mortos

O que diz a Secretaria de Saúde

“A direção do Hospital Regional de Planaltina informa que, na tarde de ontem (9), um paciente que estava aguardando atendimento na unidade agrediu dois vigilantes que estavam de plantão.

Na ocasião, os vigilantes machucados foram atendidos pela equipe do hospital e logo após, direcionados à delegacia e IML para realizar os procedimentos necessários ao boletim de ocorrência.

O paciente agressor fugiu em carro próprio e ainda não foi localizado pela polícia.

A direção da unidade se solidariza com os funcionários agredidos e reforça que não compactua com ações violentas.”


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário