Carregando Notícia
Notícias

Vídeo: Homem que ameaçava mulher com faca é surpreendido por “sniper raiz”

O vídeo que foi publicado no YouTube possui milhares de visualizações. Nos comentários, muitos exaltaram a ação do civil

Um homem armado com uma faca foi filmado ameaçando sua ex-mulher em plena luz do dia, no município de Arari, no Maranhão. De acordo com informações da polícia, ele não aceitava o fim do relacionamento de de 10 anos e quis agir da pior forma possível. Muitos curiosos foram até o local tentaram convencê-lo de soltá-la.

PUBLICIDADE

Enquanto o rapaz se distraia com as pessoas presentes no local, um outro homem apareceu por trás e o atingiu com uma paulada na cabeça, fazendo com que ele caísse no chão inconsciente e fosse cercado pelos moradores. Em choque, a vítima teve que ser amparada, já que ficou naquela situação por muitas horas.

Logo após ser atendido e socorrido pelos médicos, o homem que tentava esfaquear a mulher foi encaminhado para a delegacia e enquadrado na lei Maria da Penha. Ele não teve sua identidade identificada. Segundo o Código Penal Brasileiro, ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave, pode ocasionar pena de detenção de 1 a 6 meses, ou pagamento de multa multa.

O vídeo que foi publicado no YouTube possui milhares de visualizações. Nos comentários, muitos exaltaram a ação do civil, que salvou a mulher de sofrer um ferimento grave. Já outros brincaram com a situação, chamando o homem de “Sniper da paulada”.

“O cara chegou na maior tranquilidade com um cabo de vassoura e acertou o meliante, o mais engraçado foi quando ele caiu com as pernas dobrada pra trás”, escreveu um usuário. “Foi nada, se jogou. Esperou o contato, o contato veio, viu que o juiz estava marcando tudo…. Eu daria amarelo por simulação”, comentou outro.

A violência contra a mulher é um dos problemas graves do Brasil. Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a maioria da população do país sente que a violência contra a mulher aumentou entre 2007 a 2017, sendo mais perceptivo na Região Nordeste, seguida pela Região Sudeste(73%).

No vídeo, dá para notar que ele caiu imediatamente no chão. E a polícia partiu para cima dele e terminar de imobilizá-lo da melhor forma. E, é óbvio, que a vítima foi liberta. Ela pode ter certeza que “nasceu de novo”, pois aquilo que seria o seu fim, com toda certeza. Mas, isso acabou sendo um lindo recomeço para sua vida. E o criminoso, foi preso.