Vídeo: Homem que humilhou e agrediu mulher causa revolta na web

No momento, está circulando nas redes sociais uma gravação que vem deixando muitas pessoas revoltadas. Trata-se de um homem de 34 anos, cujo nome não foi revelado, aonde, nas gravações, aparece agredindo uma mulher de 30, que também não teve sua identidade revelada. O fato ocorreu na cidade de João Monlevade, localizada no estado de Minas Gerais.

Na segunda-feira (26), a mulher em questão tinha acabado de sair de uma feira, momento em que passou pela praça da cidade e foi assediada. No vídeo, é mostrado com exatidão que o homem vai atrás da moça, tentando agredi-la com puxões de cabelos e socos. As pessoas que estavam passando ao lado, infelizmente, não fizeram nada para ajuda-la.

+  Mourão: não existe racismo no Brasil, assassinato no supermercado não foi racismo

Como se não bastasse as agressões físicas, o assediador, ainda, decidiu xingar a mulher, de acordo com as informações passadas pelo boletim de ocorrência divulgado pelo site Bhaz. Após tais atitudes, alguns homens, visivelmente revoltados com a situação, apareceram na cena, batendo no infrator com chutes e socos. O homem tentou resistir, no entanto, acabou apanhando dos rapazes. Uma pessoa de camisa branca, na ocasião, tentou encerrar as agressões, provavelmente, temendo que o infrator tivesse danos mais graves.

+  Motorista do caminhão que colidiu com ônibus não tinha habilitação para o veículo

https://twitter.com/bolsotroopers/status/1323326449043034118

Vídeo mostra homem agredindo mulher

No vídeo que está circulando no Twitter, é perceptível o rapaz com uma camiseta de clube seguindo a mulher e, após, a agredindo. O homem a puxa pelo cabelo e pessoas próximas, que estavam sentadas no banco, optam apenas por se afastar, não se envolvendo de nenhuma forma na agressão. Porém, o cenário muda pouco tempo depois.

+  PM grava vídeo minutos antes de perder batalha contra Covid-19: 'Não vejo a hora de voltar para casa'

Ainda no começo do vídeo, aparecem dois homens indo atrás do agressor, começando a bater no rapaz. Depois, aparece mais um. O agressor, para sua infelicidade, sofreu alguns chutes e socos, caindo logo em seguida no chão, se levantando e continuando apanhando. Um outro rapaz, que estava de branco, ainda tentou separar a situação, pedindo para que os homens pudessem parar de bater. A Polícia Militar compareceu no local e deteve o agressor da mulher, no entanto, não conseguiu pegar os homens que bateram nele.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário