Vídeo: Professor bate em estudante de 15 anos em plena sala de aula

Um vídeo polêmico, no qual um professor italiano é visto espancando seu aluno por supostamente não usar máscara, está circulando nas redes sociais.

O incidente ocorreu em Teggiano, uma comuna da província de Salerno (sul da Itália), de acordo com diversos meios de comunicação locais. O abuso foi registrado por outros dois alunos que também relataram o comportamento da professora nas redes sociais.

Embora o clipe divulgado para a opinião pública não mostre a interação completa entre aluno e professor, tudo começou quando o jovem espancado, de aproximadamente 15 anos, se recusou a usar máscara em sala de aula.

+  Filho descobre morte de pai por infarto e mãe por Covid-19 ao mesmo tempo: 'Descansaram juntos'

O jovem alegou sua decisão de não usar o implemento dizendo que ele e seus colegas já estavam cumprindo com o distanciamento social, explicou o portal italiano ‘Corriera della Sera’.

A recusa do jovem foi seguida por uma violenta reação da professora, que se aproximou da mesa do jovem e começou a sacudi-lo com força, como se vê no vídeo.

“Você está errado e eu também”, disse o professor segundos antes de dar um tapa no jovem, que apenas colocou as mãos acima da cabeça para se proteger.

+  Mãe de 75 anos se casa com ex-marido de sua própria filha filha e família entra em ‘guerra’

Após a divulgação do clipe, as autoridades de Lagonegro, cidade da qual Teggiano faz parte, tomaram providências a respeito e abriram inquérito contra o professor para “abuso dos meios de correção “, que ainda não terminou.

Confira o vídeo:

Sobre o coronavírus na Itália

Desde 6 de outubro, um dia antes da gravação do vídeo, na Itália é obrigatório o uso de máscaras faciais em espaços abertos.

Junto com o distanciamento social, a mesma medida de biossegurança já vigorava nas salas de aula daquele país desde meados de setembro , quando 5,6 milhões dos 8,3 milhões de alunos voltaram a estudar pessoalmente.

+  Síndrome rara faz bebê sorrir constantemente, mesmo quando há algo errado

A Itália é o décimo terceiro país com mais casos confirmados do novo vírus (647.746, segundo o Ministério da Saúde italiano) e um dos países europeus mais afetados pelo surto de infecções que assola a Europa.

Em 30 de outubro, o país atingiu o recorde de pouco mais de 31 mil casos em 24 horas.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário